Criminal

03/03/2020

Gaeco cumpre mandados na Câmara Municipal de São José dos Pinhais em gabinete de vereador suspeito de reter salários de assessores

O Núcleo de Curitiba do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Paraná cumpriu na manhã desta terça-feira, 3 de março, sete mandados de busca e apreensão em São José dos Pinhais. Os mandados foram cumpridos a partir de investigações da 2ª Promotoria de Justiça da comarca, que apura a ocorrência dos crimes de concussão e constrangimento ilegal praticados por um vereador do município.

De acordo com o apurado, o agente público, com o auxílio de seu chefe de gabinete, coagia assessores para que repassassem a ele parte do salário que recebiam.

Além do gabinete do vereador na sede do Legislativo Municipal, os mandados também foram cumpridos em endereços comerciais e residenciais dos investigados. Na casa do vereador investigado foi localizado quantia em dinheiro (R$ 28.024,00), assim como em seu gabinete (R$ 1.500,00). Os valores, entretanto, não foram apreendidos por ausência de ordem judicial.

Decisão judicial também determinou o afastamento do vereador e de seu chefe de gabinete do exercício de suas funções pelo período de 180 dias. Os dois também ficam impedidos de acessarem e frequentarem a sede da Câmara, assim como de manter contato com testemunhas do processo.

Autos nº 0000438-02.2020.8.16.0035.

Informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
(41) 3250-4264

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem