Comunicação

31/05/2021

Negligência, imprudência e imperícia

Ao tratarmos de crimes culposos, ou seja, aqueles em que não há, da parte do autor, a intenção de cometê-los, é comum que o ato seja caracterizado em decorrência de uma situação de negligência, imprudência ou imperícia. Mas o que diferencia cada situação? Para entender um pouco mais do significado de cada um dos termos, o Entenda Direito deste mês dedica-se ao assunto.

Projeto – O Entenda Direito é uma releitura de iniciativa anterior – o “Pílulas de Direito para jornalistas” – lançada pela Assessoria de Comunicação do MPPR em 2005 e premiada em 2006 com o Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça. Inicialmente voltada aos profissionais da imprensa, o projeto agora busca comunicar-se com toda a população. A proposta é ampliar o entendimento das pessoas sobre questões que podem impactar diretamente o seu dia a dia, por meio de textos simples e diretos que buscam “traduzir” expressões do universo jurídico.

Mandado de segurança – Na última edição, foi explicado como funciona e em quais casos pode ser aplicado o mandado de segurança, medida judicial conhecida como um dos “remédios constitucionais”, que busca assegurar ao cidadão um direito considerado “líquido e certo” que pode ser alegado sem a necessidade de produção de provas.

 

Acesse o Entenda Direito: Negligência, Imprudência e Imperícia

Acesse a página com todos os textos

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem