Criminal

23/06/2022

Em Campo Largo, MPPR denuncia sete investigados na Operação Rota 66

Expresso MP

     

     

O Ministério Público do Paraná, por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, ofereceu nesta segunda-feira, 20 de junho, denúncia contra sete pessoas investigadas a partir da Operação Rota 66. Medida cautelar solicitada pelo MPPR na mesma ocasião impôs a um dos réus, ex-chefe do Escritório Regional de Curitiba do Instituto Água e Terra (IAT), a suspensão da função pública comissionada de diretor da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São José dos Pinhais, a fim de evitar a reiteração delitiva e o conflito de interesses.

Entre os denunciados pelos crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica e uso de documento falso – que já são réus em outro processo decorrente da mesma operação –, estão também um ex-analista técnico do IAT e sua companheira, três sócios de uma construtora e um ex-secretário de Urbanismo e Meio Ambiente de Campo Largo. Foram ainda impostas medidas cautelares diversas da prisão aos sócios da empresa alvo da investigação: proibição de ausentar-se do país (com entrega do passaporte), comparecimento bimestral em Juízo, proibição de contato com qualquer das testemunhas dos fatos apurados e proibição de frequentar órgãos públicos municipais da Comarca de Campo Largo.

Rota 66 – A Operação Rota 66, deflagrada em agosto de 2019, investiga uma organização criminosa voltada para a prática de atos de corrupção para concessão ilícita de alvarás de construção e licenças ambientais na Região Metropolitana de Curitiba em favor de uma construtora.

Processos números 0010790-80.2019.8.16.0026 e 0005883-57.2022.8.16.0026.

Textos anteriores sobre a Operação Rota 66:

20/08/2019 – Operação Rota 66 culmina na prisão de ex-agentes políticos da RMC

04/09/2019 – Operação Rota 66 entra em nova fase com o cumprimento mandados, afastamento de servidor do IAP e paralisação de obras

04/10/2019 – Ministério Público do Paraná obtém liminar e suspende construção de mais um condomínio residencial investigado no âmbito da Operação Rota 66

14/10/2019 – Ministério Público do Paraná denuncia nove pessoas e obtém afastamento liminar de chefe do IAP em Curitiba no âmbito da Operação Rota 66

17/08/2020 – Em julgamento de recurso do MPPR, Tribunal de Justiça do Paraná determina que réus da Operação Rota 66 sejam monitorados eletronicamente

29/09/2020 – Gaeco cumpre ordem de prisão e mandados de busca e apreensão na Câmara de Araucária e outros locais em Pinhais e Curitiba

11/03/2021 – Gaeco cumpre mandados em Campo Largo e Araucária no âmbito da Operação Rota 66, que apura possíveis ilegalidades em lançamento de condomínio

Informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
comunicacao@mppr.mp.br
(41) 3250-4249

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem